Os melhores picos da região Sul para conhecer

Os melhores picos da região Sul para conhecer - viajante colorido

Você sabe quais são os melhores picos da região Sul para conhecer?

O turismo de aventura vem ganhando cada vez mais força, visto que promove contato com a natureza, além de permitir que as pessoas liberem a adrenalina acumulada devido ao estresse do dia a dia.

Uma das maneiras de aproveitar é visitando picos espalhados pelo Brasil, visto que promovem vistas incríveis e recompensadoras depois de um longo caminho de trilha.

A região Sul com certeza é privilegiada, possuindo belezas naturais de tirar o fôlego, além de abrigar diversos picos para visitação.

Contudo, sabemos que escolher qual visitar pode não ser algo fácil. Então, pensando nisso, separamos para o post de hoje os melhores picos da região Sul para você conhecer. Vamos lá? 

1. Morro do Funil, Rio do Sul, Santa Catarina

Rio do Sul é uma importante cidade localizada no alto do Vale do Itajaí, recheada de natureza preservada, montanhas e picos, além de diversas opções de lazer.

Com economia bastante aquecida e boa estrutura, muitos decidem inclusive procurar uma imobiliária em Rio do Sul a fim de instalar-se de vez no município.

Quando falamos em picos, um de grande destaque com certeza é o Morro do Funil que, como o próprio nome sugere, tem formato de funil virado de cabeça para baixo.

Com vista privilegiada do vale e um belo pôr do sol para admirar, o local ainda abriga uma capela construída na década de 40 por uma mãe que fez a promessa para que o filho voltasse ileso da II Guerra Mundial. Quando retornou, o próprio filho ajudou a mãe a finalizar a construção. 

O Pico Paraná é a montanha mais alta da região Sul do país e está situado entre as cidades de Campina Grande do Sul e Antonina, dentro do Parque Estadual Pico do Paraná e da Serra do Ibitiraquire.

A trilha para chegar até o local tem em média de 6 a 8 horas de duração, sendo indispensável a companhia de um guia, visto que além de ser extenso, o trecho passa por pontos em meio à mata nativa. 

3. Morro da Igreja e Pedra Furada, Santa Catarina

A cerca de 1822 metros de altura está o Morro da Igreja, localizado na divisa entre as cidades de Bom Jardim da Serra, Orleans e Urubici.

Ele faz parte do parque Nacional de São Joaquim, sendo o ponto mais alto da região Sul, registrando -17 graus de temperatura em alguns períodos.

Além disso, é possível aproveitar para conhecer os outros atrativos, como rochas vulcânicas e formações geológicas de mais de 133 milhões de anos.

2. Pico Paraná, Paraná

A cerca de 1822 metros de altura está o Morro da Igreja, localizado na divisa entre as cidades de Bom Jardim da Serra, Orleans e Urubici. Ele faz parte do parque Nacional de São Joaquim, sendo o ponto mais alto da região Sul, registrando -17 graus de temperatura em alguns períodos.

O acesso de visitantes é limitado, mas vale a pena ficar na espera. Além disso, é possível aproveitar para conhecer os outros atrativos, como rochas vulcânicas e formações geológicas de mais de 133 milhões de anos. 

4. Pico do Monte Negro, São José dos Ausentes, Rio Grande do Sul

Com pouco mais de 1400 metros de altura, o pico está localizado na borda do Cânion Monte Negro a cerca de 45 km do centro da cidade de São José dos Ausentes. Durante o trajeto é possível explorar diversos lugares interessantes, como caminhar pela borda dos paredões.

Contudo, o acesso ao ponto mais alto exige preparo físico, e, o horário ideal pra visitar é de manhã pra evitar a viração. 

5. Cânion do Itaibezinho, Santa Catarina

Localizado dentro do Parque Nacional Aparados da Serra, esse é o cânion mais famosos de Cambará do Sul, sendo uma formação rochosa com paredões de cerca de 5,8 km de comprimento e 720 metros de altura, formado há cerca de 130 milhões de anos.

É importante estar preparado para visitar o local, sendo que o parque oferece diversas trilhas para os visitantes. 

6. Morro do Anhangava, Quatro Barras, Paraná

Esse é um dos picos mais procurados no Paraná pelos adeptos da escalada.

Inclusive, um dos motivos pelos quais ele é tão famoso é pelo fato de possuir cerca de 200 vias de trekking, com os mais diferentes estilos e níveis de dificuldade.

7. Pico do Cambirela, Palhoça, Santa Catarina

Do cume é possível avistar não apenas os municípios, como também o oceano Atlântico.

Envolto pela vegetação da Mata Atlântica e corredeiras de águas cristalinas, o local possui diversas trilhas para levar os visitantes até o topo. 

Então, agora que você já conhece alguns dos melhores picos da região Sul, já pode escolher qual será seu próximo destino.

Mas, lembre-se de que dependendo do pico, o grau de dificuldade é maior, exigindo preparo físico e o acompanhamento de guias especializados.

Dessa forma, você garante a melhor experiência de viagem, além de total segurança durante todo o trajeto. Os melhores picos da região Sul para conhecer.

Gostou do artigo? Compartilha com seus amigos.

Em seguida, deixa um comentário que amamos!

Veja também quais são as melhores cidades de Santa Catarina para aproveitar as férias.

Você vai adorar!

Dicas para sua viagem:

Descontos