América do Sul Brasil Destinos

Bahia – O Sul do estado está esperando os turistas LGBT

O Viajante Colorido chegou à Bahia e vai te apresentar um dos maiores parques hoteleiros do Brasil: A Costa do Descobrimento

Bahia LGBT: A região que compreende os municípios de:  Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália e Belmonte.

É muito mais que aquela viagem fervida de adolescentes do 3º ano do ensino médio.

É muito klose, muita paz, muito contraste e o melhor de tudo, fica no mesmo país que você mora!

bahia - viajante colorido

Porto Seguro é o destino mais barato do nordeste e da Bahia, segundo dezenas de guias de viagem nacionais e internacionais.

A região que recebe cerca de 900 mil turistas por ano, entre brasileiros e estrangeiros.

Tem a estrutura ideal pra você frescar com seu boy, cazamigues ou seja com quem for.

A região da Costa do Descobrimento reúne encantos históricos e vestígios da época da chegada dos conquistadores.

Com belezas naturais, praias paradisíacas e atrações para todos e todas!

Porto Seguro – Bahia

bahia - viajante colorido

A pequena cidade de 80 mil habitantes, que nos meses de verão vê sua população aumentar 10 vezes mais, te convida a fazer uma viagem no tempo na história do nosso Brasil.

Ela reúne além de museus e rastros das nossas origens, praias paradisíacas, vida diurna e noturna badaladas e uma experiência brasileira como nunca antes vivida na Bahia.

Como chegar:

As principais companhias aéreas do país partem de cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Salvador com voos diretos de/para Porto Seguro.

Pesquise suas passagens pelo GOOW (super dica!)

A cidade que tem teor para todos os gostos (e sabores) tem programas para todos (os bolsos, inclusive).

Desde aquela mana que quer ficar de boa com seu par, até as amigs que querem se reunir pra ferver.

A cidade reúne características para aproveitar ao máximo seus dias nesse destino.

A escolha da hospedagem:

É importante se atentar a escolha da hospedagem, porque a cidade é dividida em duas:

Tem o centro – que fica perto de todos os pontos turísticos (Passarela do Álcool e centro histórico)

Orla norte – aqui ficam as barracas de axé – pra rebolar a raba até de manhã (mesmo que você não goste, acredite!) e as melhores praias da região.

O centro

É bacana por ter comércio de todoos os tipos, além de opções de bares e restaurantes.

Dá pra passear  e fazer praticamente tudo a pé, e a passarela do álcool, típica feira de artesanatos onde as noites artistas se apresentam ao vivo.

Fica próxima dos principais hotéis da região.

A proximidade da Balsa Porto-Arraial também torna cômoda aquela escapada para conhecer Arraial D’ajuda (que falaremos mais em breve).

A orla norte, que compreende as praias de Taperapuã e Coroa Vermelha onde fica o fervo durante e dia (durante a noite também, rs).


Alguns hotéis ficam próximos, ou mesmo nelas, mas a necessidade de usar táxi ou ônibus para se deslocar até o centro torna um pouco incômoda a hospedagem nessa região.

Durante o dia, as barracas de axé contam com aula pras manas, aquele almoço badalado regional, além dos drinks maravilhosos.

Durante a noite, festas regadas a todos os ritmos de música atuais agitam a praia num ambiente perfeito pra quem esta naquela caçada!

Alguns dos passeios imperdíveis:

– Parque Marinho Recifes de Fora

Com uma biodiversidade que inclui peixes, corais, tartarugas, moluscos e várias espécies de algas, possui grande parte de sua área reservada a pesquisas e preservação

Nele, apenas 3% de sua área são abertas à visitação.

Com duração de 4 horas, o passeio ao Parque parte do atracadouro do Cais da Tarifa, em frente à Passarela do Álcool de Porto Seguro.

É imperdível para quem quer aproveitar um tour natureza, e tirar umas fotos lacradoras durante essa trip.

Os catamarãs saem do cais com música alta, caipirinhas à mão e muito klose.

Sem dúvida uma experiência que vai te surpreender!

– Centro Histórico de Porto Seguro:

Viaje no tempo, e confira o primeiro núcleo habitacional do nosso país.

No topo da falésia, contemplada pela vista do centro da cidade e a barra do rio (onde cruzam as balsas).

O centro histórico de Porto Seguro reúne casas construídas na época, o marco do descobrimento trazido de Portugal, a igreja da padroeira da cidade (Nossa Senhora da Pena).

A Casa de Câmara e a Cadeia, restaurada como o Museu de Porto Seguro. Sem dúvida aquele banho de cultura que a senhora estava precisando!

– Reserva Indígena de Jaqueira

Mata nativa e ocas ainda em seu formato original, a 12 km de Porto, a reserva indígena de Jaqueira é um passeio imperdível para conhecer os verdadeiros donos da porra toda: Os índios.

É possível praticar arco e flecha, adquirir artesanato confeccionado na própria tribo, fazer trilhas, participar dos rituais, fazer pinturas corporais e degustar a culinária típica.

Pra quem quer uma experiência de vivência ainda maior é possível pernoitar na aldeia.

Dicas para fechar o klose certo:

– Independente do seu foco, saia e descubra a cidade caminhando por ai, mas sempre tomando cuidado.

O lugar é turístico sim, porém estamos no Brasil e é importante tomar cuidado com pertences e objetos pessoais, pra tomar aquela precaução!

– Busque agências de tours homologadas e autorizadas.

Há opções econômicas por toda a cidade em agências autorizadas que sem dúvida, vão te brindar um serviço ótimo e sem arrependimentos. Curta sua trip sem dores de cabeça!

– Encare Porto Seguro sem preconceitos e tabus. A costa do descobrimento vai te surpreender!

Abra sua mente, viaje para a Bahia e confira de perto os traços e as lembranças dessa região.

Nos próximos dias vamos mostrar todas as dicas pra você fazer aquela viagem dos sonhos, gastando pouco, e aproveitando ao máximo sua viagem colorida.

 

Fotos: Ministério do Turismo 

Sobre o autor

Roberto Caravieri

Robba Caravieri , Consultor de viagens e aprendiz de publicitário. Colaborador/proprietário do Viajante Colorido - O maior portal LGBT+ do Brasil.

10 Comments

Click here to post a comment

  • Bahia, terra da felicidade… adoro! Porém não conheço Porto Seguro ainda! Muito legal as dicas, principalmente sobre a reserva indígena – não fazia idéia que era possível pernoitar!

  • Ah a Bahia. O lugar lindo demais. Eu infelizmente so fui em Porto Seguro para essa festa louca de ensino médio como voce disse, mas ainda quero voltar. Ótimas dicas. Abraços

  • Nossa, que legal saber que Porto Seguro é LGBT Friendly! Confesso que ainda não fui (não, nem na viagem do ensino médio hahahha) mas a ideia de rebolar a raba até o amanhecer me atrai demais! hahaha além da natureza lindaaaaa

  • que roteiro interessante, minha família é baiana e sempre viajávamos pra lá, pra quem é de Brasília sempre aconteciam viagens a Porto Seguro, espero que a cidade continue vibrante e com uma infra de turismo melhor, a cidade parece cada vez mais incrível!

  • Olá Alysson, tudo joia?! Realmente o sul da Bahia pode reservar experiências espetaculares para quem se arriscar a dar um rolé por lá! Quero muito conhecer Taipus de Fora e ir até o finalzinho da Bahia (se possível dando um pulinho em Abrolhos pra mergulhar hehehe) Abração!

  • Muito bonitas as fotos deste artigo. Este destino tem lugares que são mesmo de cortar a respiração, as praias, o centro histórico e os recifes. parabéns pelo artigo.